Bolsonaro suspende aumento de remédios por 60 dias

Por meio do seu Twitter, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que suspenderá o reajuste de qualquer medicamento pelo prazo de 60 dias. A medida, confirmada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi tomada em decorrência da expansão dos casos de coronavírus no Brasil.

Ao todo, o país acumula 5.717 casos, com 201 mortes confirmadas, segundo balanço publicado na tarde desta terça-feira, 31/3, pelo Ministério da Saúde.

De acordo com Bolsonaro, a ação teve participação dos laboratórios. “Foi em comum acordo com a indústria farmacêutica”, destacou o presidente.