Depoimento de Maurício Valeixo à Polícia Federal 12/05/2020

No depoimento, Valeixo disse que desde o ano passado teria comunicado por diversas vezes o então ministro da Justiça, Sergio Moro, seu desejo de deixar o cargo de diretor-geral da Polícia Federal.

Ele foi questionado sobre acesso a relatórios de inteligência. Os investigadores o questionaram se em agosto de 2019 havia alguma investigação de interesse do presidente da República ou de seus familiares em curso na Superintendência do Rio de Janeiro. Valeixo disse que “desconhece” e que não foi solicitada nenhuma informação por parte da Presidência da República sobre investigações ou inqueritos em tramitação na Superintendência do Rio de Janeiro”